Imagem para capa

Aptidão e uso agrícola na área Ingarikó – Terra Indígena Raposa Serra do Sol – Roraima

Márcia Teixeira Falcão, Sandra Kariny Saldanha de Oliveira, Maria de Lourdes Pinheiro Ruivo, Lúcio Keury Almeida Galdino

Resumo


Este artigo objetiva demonstrar a aptidão agrícola da Terra Indígena Raposa Serra do Sol (TIRSS), na região da etnia Ingarikó, em Roraima, e o quadro atual do uso da terra. A área de estudo se localiza no munícipio do Uiramutã, na etnorregião denominada “serras”. A metodologia adotada envolveu análise de solo para determinar a granulometria, entrevistas com indígenas da etnia Ingarikó das comunidades Mapaé e Serra do Sol e elaboração de etnomapas referentes ao uso da terra pelos indígenas. Os resultados demonstram que os solos da região possuem baixa aptidão agrícola nas comunidades estudadas, com alto teor de acidez e com o predomínio de areia fina e silte. O uso atual da terra na região está relacionado ao plantio de roças tradicionais, caça, criação de gado e ovinos para subsistência das comunidades.


Palavras-chave


Ingarikó. Aptidão Agrícola. Roças Tradicionais.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21713/2358-2332.2016.v13.1038