A pós-graduação em Ciência do Solo no Brasil: evolução e tendência

##plugins.themes.bootstrap3.article.sidebar##

Resumo

Uma das maiores riquezas do Brasil é o solo, pela sua extensão e potencialidade para uso na agropecuária. Por esse motivo os programas de pós-graduação em Ciência do Solo têm grande responsabilidade na formação de recursos humanos e na geração de ciência e tecnologias que permitam o uso racional do solo e da água com benefícios sociais, econômicos e ambientalmente aceitáveis. Os programas de pós-graduação em Ciência do Solo cresceram muito nos últimos anos, embora concentrados nas regiões Sudeste e Sul. É fundamental a criação de novos programas nas regiões Centro Oeste, Norte e Nordeste porque nessas regiões se localizam ambientes frágeis como o bioma Cerrado, a Amazônia, a Caatinga e o Pantanal. A Ciência do Solo é a área de conhecimento que tem um papel chave na geração de conhecimento sobre o manejo do solo e da água, visando a relação mais harmoniosa do homem com o ambiente. Para alcançar esta meta a pós-graduação (PG) em Ciência do Solo deve aumentar a inserção e a participação de profi ssionais de outras áreas, tornando os resultados gerados nessa pósgraduação em produtos completos e de qualidade. O sistema de acompanhamento e avaliação da Capes tem apontado os programas que têm necessidade de reestruturação quanto à distribuição de docentes e pesquisadores, para evitar a concentração da participação acadêmica e da produção intelectual em poucos docentes e pesquisadores, bem como em algumas áreas de concentração, linhas de pesquisa e projetos. O número de artigos publicados em revistas classifi cadas como Qualis A Internacional deve ser ampliado e priorizado pelos programas de PG em Ciência do Solo, bem como o aumento da participação de discentes na produção intelectual. A Ciência do Solo é uma das áreas da pós-graduação que tem proporcionado maiores retornos ao investimento em pesquisa feito pelo Brasil e sua importância será cada vez maior. Principalmente porque no Brasil são abundantes e diversifi cados seus recursos naturais, especialmente solo e água, e seu uso tem forte impacto na qualidade do ambiente de uma forma global.

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Autores
  • Carlos Alberto Ceretta
  • Lucia Helena Cunha dos Anjos
  • José Oswaldo Siqueira
Biografia
Referências

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##


Como Citar

CERETTA, C. A.; ANJOS, L. H. C. DOS; SIQUEIRA, J. O. A pós-graduação em Ciência do Solo no Brasil: evolução e tendência. Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 5, n. 9, 11.

Seção

Estudos
Palavras-chave:

Ciência do Solo. Cursos em Solos. Avaliação Solos. Ciência do Solo no Brasil.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

  • Detêm os direitos autorais sobre a obra e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution  que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.
  • Possuem autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista, com reconhecimento de autoria e de publicação inicial nesta revista.
  • Têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho on-line (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), desde que citada sua publicação inicial nesta revista, uma vez que isso pode gerar alterações.

Além disso, os autores declaram que:

  • Todas as afirmações contidas no manuscrito são fatos, são verdadeiras ou baseadas em pesquisa empírica ou científica.
  • O uso de qualquer marca registrada ou direito autoral dentro do manuscrito foi creditado a seu proprietário ou a permissão para usar o nome foi concedida.