Produção acadêmica e impacto social: o potencial inovador e transformador de um mestrado interinstitucional (Minter)

Danilo Romeu Streck, Edite Maria Sudbrack, Jaime José Zitkoski

Resumo


O artigo apresenta a experiência de Mestrado Interinstitucional (Minter) em Educação, realizado através da parceria entre a UNISINOS (Universidade do Vale do Rio dos Sinos) e a URI (Universidade Regional Integrada da Região das Missões e do Alto Uruguai), Campus Frederico Westphalen. Após descrever brevemente o contexto (econômico, social, cultural e educacional) e o processo de planejamento e implementação do curso, há uma análise do impacto que as atividades de formação e investigação produziram, tanto na região em que o curso foi realizado quanto na sede da instituição promotora. Em que pesem algumas limitações, corrobora-se o resultado positivo da experiência de Minter, já expresso por outros relatos e análises.


Palavras-chave


Mestrado interinstitucional. Produção acadêmica. Impacto social. Pesquisa em educação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21713/2358-2332.2008.v5.145