Royalties do petróleo e educação: análise da eficiência da alocação

Gustavo Henrique Naves Givisiez, Elzira Lúcia de Oliveira

Resumo


Este estudo avalia os impactos nos indicadores de educação dos municípios da região do norte do estado do Rio de Janeiro, recebedores de vultosos recursos provenientes das rendas da exploração de petróleo e gás na Bacia de Campos. Em muitos desses municípios, levantam-se hipóteses de que os recursos não são revertidos em políticas públicas de grande benefício social, como é o caso das políticas educacionais. A metodologia deste estudo inclui o levantamento de séries históricas de indicadores de educação e compara a evolução desse grupo de municípios com um grupo de municípios controle, por meio de regressões logísticas. Os resultados confirmam a hipótese levantada no trabalho,indicando que as vantagens orçamentárias desses municípios não têmrefletido em melhorias nos indicadores de educação.

Palavras-chave


Políticas Públicas. Royalties do Petróleo. Indicadores Educacionais

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21713/2358-2332.2011.v8.234