Previsão da demanda de doutores em Estatística dentro dos cursos de graduação em Estatística do Brasil

Francisco Louzada, Anderson Ara

Resumo


Este artigo apresenta uma caracterização básica da formação dos docentes que lecionam em cursos de graduação em Estatística do País. Discute também a necessidade de material humano estatísticodentro desses cursos, tendo como base a situação atual da formação dos alunos dos cursos de pós-graduação em Estatística no Brasil, em termos de oferta de doutores egressos em contraposição à quantidade necessária de doutores para suprir as vagas de docentes dentro das graduações em Estatística. O estudo foi realizado por meio de procedimentos estatísticos de amostragem, e sua importância se dá em termos de planejamento estratégico, possibilitando a verificação de um real desbalanceamento entre oferta e demanda por doutoresem Estatística dentro das graduações em Estatística do País. Além disso, aponta para a necessidade de um procedimento de indução de doutoramento na área. Caso contrário, mesmo no ano de 2020, o déficit de doutores em Estatística para suprir as atuais vagas de docentes dentro das graduações em Estatística poderá perdurar.

Palavras-chave


Perfil do Profissional Docente. Graduação em Estatística. Demanda por Doutores em Estatística.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21713/2358-2332.2012.v9.301