Pós-graduação na Amazônia: o desafio de formar (em) redes

Ronaldo de Oliveira Rodrigues

Resumo


Este artigo tem como objetivo apresentar um breve panoramada pós-graduação na Amazônia em uma perspectiva quantitativa, possibilitando comparações com as demais regiões do Brasil, bem como esboçar algumas considerações sobre os desafios e as possibilidades da formação de redes de pesquisa em uma região de características geográficas e naturais muito peculiares. Para tanto, foram utilizados dados e indicadores nacionais da pós-graduação no Brasil, além de pesquisa sobre os meios de comunicação na Amazônia, destacando-se a Internet. Conclui-se que, apesar do considerável avanço na última década, ainda se tem uma realidade inexpressiva quando comparada à do eixo Sudeste-Sul e se acrescenta que, para o alcance de expressividade, um dos caminhos é um trabalho sistemático a partir da formação de redes.

Palavras-chave


pós-graduação

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21713/2358-2332.2014.v11.521