A contribuição da Fundação Oswaldo Cruz para o ensino de pós-graduação na Amazônia Legal: experiências nos estados de Amazonas e Rondônia

Carla Freire Celedônio Fernandes, Júlio Cesar Schweickardt, Rodrigo Guerino Stabeli, Milton Ozório Moraes, Maria Cristina Rodrigues Guilam, Nísia Verônica Trindade Lima

Resumo


A Amazônia Legal (AL) possui evidente iniquidade social expressa em diversos aspectos, inclusive na qualificação de recursos humanos e na produção de CT&I. Do ponto de vista do ensino de pós-graduação, enquanto o Sudeste oferece 46,6% dos programas stricto sensu no Brasil, apenas 5,27% situam-se na Região Norte. A AL é caracterizada por umverdadeiro mosaico étnico, cultural e por ser o mais importante bioma do planeta. Sua mega diversidade deve ser considerada para as proposições de políticas públicas e programas formulados para a redução das iniquidades locais. Com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento, a valorização regional e a redução das assimetrias em CT&I, a Fundação Oswaldo Cruz, em colaboração com instituições amazônicas, oferece cursos de pós-graduação lato e stricto sensu, ampliando, assim, a rede de formação de docentes, pesquisadores e técnicos para a região. O presente artigo busca relatar e discutir tais experiências, particularmente nos estados do Amazonas e de Rondônia.

Palavras-chave


Human Resources Qualification. Legal Amazonia. Teaching

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21713/2358-2332.2014.v11.532