Desenvolvimento da percepção ambiental de alunos de pós-graduação em Ciências Ambientais da Unesp Sorocaba por meio da abordagem construtivista de ensino

Felipe Hashimoto Fengler, Gerson Araújo de Medeiros, Admilson Irio Ribeiro, Afonso Peche Filho, Jener Fernando Leite de Moraes, Adriano Bressane

Resumo


Da complexidade ambiental emerge a necessidade de abordagens multidisciplinares e sistêmicas nos programas de pós-graduação correlatos contrárias a estruturas pedagógicas disciplinares. O presente trabalho teve por objetivo avaliar a percepção ambiental de estudantes de pós-graduação em Ciências Ambientais da Universidade Estadual Paulista (Unesp), campus Sorocaba, inseridos em uma experiência pedagógica construtivista desenvolvida em duas disciplinas. A abordagem construtivista incluiu um levantamento do uso e da ocupação da bacia hidrográfica do rio Jundiaí-Mirim, em Jundiaí, estado de São Paulo, Brasil. Os desdobramentos desse levantamento foram a base para avaliar a percepção ambiental dos pós-graduandos. Apesar de os alunos possuírem diferentes formações acadêmicas em nível de graduação, houve consenso sobre os principais problemas ambientais observados na área de estudo.


Palavras-chave


Análise da Paisagem. Eficiência Ambiental. Educação Ambiental.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21713/2358-2332.2015.v12.857