Metodologia para o desenvolvimento de programas de pesquisa e ensino de pós-graduação do Brasil: a experiência da UFBA

##plugins.themes.bootstrap3.article.sidebar##

Resumo

Esse artigo tem por objetivo apresentar um novo caminho metodológico, proposto pela UFBA, para o desenvolvimento de programas de pesquisa e ensino de pós-graduação no país. Espera-se que esses programas venham a ser a expressão de uma nova metodologia para a implementação de políticas de incentivo à pesquisa e à formação de pessoal docente em nível de mestrado e doutorado no Brasil. Em síntese, há uma expectativa de que esta proposta se apresente como uma saída, crítica e adequada, à atual crise de financiamento do ensino superior no País e possibilite, efetivamente, equacionar o problema da centralização da qualificação docente no Brasil, particularmente, daquelas Universidades localizadas no interior do País.

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Autores
  • Reginaldo Souza Santos
  • Elizabeth Matos Ribeiro
Biografia
Referências

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##


Como Citar

SANTOS, R. S.; RIBEIRO, E. M. Metodologia para o desenvolvimento de programas de pesquisa e ensino de pós-graduação do Brasil: a experiência da UFBA. Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 3, n. 5, 11.

Seção

Debates
Palavras-chave:

Pós-graduação. Pós-graduação no Brasil.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

  • Detêm os direitos autorais sobre a obra e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution  que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.
  • Possuem autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista, com reconhecimento de autoria e de publicação inicial nesta revista.
  • Têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho on-line (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), desde que citada sua publicação inicial nesta revista, uma vez que isso pode gerar alterações.

Além disso, os autores declaram que:

  • Todas as afirmações contidas no manuscrito são fatos, são verdadeiras ou baseadas em pesquisa empírica ou científica.
  • O uso de qualquer marca registrada ou direito autoral dentro do manuscrito foi creditado a seu proprietário ou a permissão para usar o nome foi concedida.